Textos.

O Amor.

O Amor é como o vento. As vezes sopra mais forte, as vezes sopra mais fraco, mas nunca deixa de soprar. É como o Balanço do mar, que certas horas tem ondas serenas, certas horas ondas violentas, mas nunca deixa de balançar. É como as estrelas, que brilham. Momentos mais fraco, momento mais forte, mas não deixa de brilhar. É como a Vida, que tem dias de luta, dias de glória, mas vive. É um sentimento, que pode causar alegria, tristeza, e sempre causa curiosidade para sabermos se é recíproco, mas permanece dentro de nós. É como eu e você, mesmo sem saber se é recíproco, eu te amo, e nunca vou deixar de te amar, pois quando um amor é verdadeiro, ele não morre, não se acaba. Com o tempo pode até ser esquecido, mas ele permanece lá, no fundo do nossos corações, para toda a eternidade. É como um vulcão, que adormece... mas pode acordar e mostrar a sua força a qualquer momento. 

- Matheus José. 








                                                 Foto: Rafael Santana Fotografia. 





Desde que você se Foi...

E Qual é a graça de não te ter por perto, de não te-la aqui do meu lado? Qual a Graça que a Vida tem, se eu não tiver você? Desde que você se foi, meu mundo é só solidão, a Tristeza me abraçou, e a alegria se ausentou. A Saudade entrou em meu coração, e fez uma moradia. A felicidade de estar perto de ti, se misturou a poeira que é carregada pelo vento. E Hoje, nas noites sem dormir, me pergunto, "Onde esta Você?" "Será que esta pensando em mim?". E fico sozinho, recebendo a brisa fria da madrugada, vendo as estrelas, e em minha mente, passa um filme, um filme de romance, o nosso filme, de tudo que já vivemos, o tudo de ontem, e o nada de hoje. Enquanto penso em nós dois, lágrimas rola pelo meu rosto, caindo no papel que escrevo palavras e versos. Palavras, que assim como as estrelas, é a unica prova do meu amor por ti.
Hoje, não sei se você lembra de mim, se um dia vou te reencontra de novo, e viver a continuação da história que começamos. Não sei... Quem sabe... Não sei dizer se aguentarei viver sem você por algum tempo, pois o tempo não existe. A única coisa que eu sei, é que você não sai do Fundo do meu coração!


Autor: Matheus José. 

A Folha ao asfalto. 

Não é só uma folha caída no asfalto... é uma vida, uma vida que passou um tempo pra se formar, pra nascer pequenininha, pra crescer, fazer sua função, pra envelhecer e cair... cair com o sopro do vento, cair no chão quente e áspero, cair sem vida, cair em morte.
E assim é nós, seres humanos, nascemos, crescemos, fazemos nossas funções na terra, mas depois envelhecemos, então, com o sopro da vida, caímos ao solo para nunca mais levantar, caímos sem vidas, caímos em morte, em um sono profundo, um sono obscuro nas coisas mundanas, sem volta. Quem sabe um sono com brilhos colossais em outro mundo?! Quem sabe... é uma incerteza, nós vivemos de incertezas, a nossa unica certeza é a morte. 

*: Texto Feito olhando uma fotografia de um folha seca no asfalto.






Autor: Matheus José.


Primeiro Grande Amor.

Todos dizem que o primeiro amor agente nunca esquece, de fato! Não esquece mesmo, mas na história do amor e da paixão, sempre tem aquela pessoa que marca mais, aquela pessoa que marcou mais que o primeiro amor, é aquele primeiro Grande Amor.
Como quase todos, eu já tive meu primeiro amor e meu primeiro grande amor. Mas este amor tão grande, foi um amor que me deu a vida de volta, que me fez sonhar novamente, que fez com que eu me encontrasse neste mundo de conturbações , onde as vezes, não tem tempo nem para amar.
E era um amor fiel , sim, com problemas como qualquer outro relacionamento, mas nada que ferisse um ao outro, Trocávamos carinhos e palavras de amor, mesmo com toda distancia que tomava nosso relacionamento e deixavam nossos corações entristecidos. 
mas não existe distancia nenhuma, que acabe com os verdadeiros sentimentos, e o amor entre nós dois era verdadeiro, e um amor verdadeiro nunca morre, pode se esquecer com o tempo, mas ele fica guardado no fundo do coração, como um vulcão adormecido, podendo se despertar a qualquer momento.






Autor: Matheus José


Guardando no coração...

Você não sabe, mas eu sei tudo que esta dentro de mim, tudo que sinto por você, é uma paixão louca que invadiu meu coração, e que cada dia cresce mais. Sempre olhos suas fotos, seus status, olho nos seus olhos - mesmo como toda distancia - e Penso, imagino, uma vida inteira ao seu lado. Não tenho a coragem de dizer isso, sei lá, medo de estragar essa amizade... Mas eu te amo, e mesmo que eu não te diga, vou continuar te amando pra sempre, até quando não restarem estrelas no céu, até quando meus olhos fecharem pra sempre, você morará em meu coração e em minha mente!






Autor: Matheus José


Solidão

Nesta noite tenho uma inquietação dentro de mim, fui-me deitar para dormir, mas não consegui, Virando de um lado para o outro, e nada de fechar meus olhos e ter uma boa Noite de sono.
Então decidi me levantar, tomei um copo de água gelado, sentei no sofá e fiquei em silêncio absoluto... mas o ambiente, mesmo com o silencio que fazia, me trazia um barulho irritante. sentado ali, no escuro da madrugada, ouvia meu coração palpitar, minha respiração normal, um zumbido tomava conta da minha mente, junto aos cantares dos grilos e um bando de pássaros que passavam ali perto, e de repente o som d'água que caia da torneira e ia direto pra pia inox. Aquele barulho estava me deixando inquieto,e então fui para sala, coloquei um blues em um volume ambiente, sentei-me na mesa, peguei papel e caneta e comecei a escrever... E assim se formou este texto, na solidão de uma madrugada sem sono, onde vou escrevendo e escrevendo, até sentir vontade de fechar meus olhos e ter belos sonhos







Autor: Matheus José



Mulher-Fotógrafa.*

Não há conheço pessoalmente, só há conheço por redes sociais, mas já considero muito, uma pessoa extraordinária, legal, divertida, que da atenção, uma moça surpreendentemente bonita.
Uma Loirinha simpática, baixinha, do corpo perfeito... Que quando olhado com atenção, da pra ver as curvas de um violoncelo, e não tem nada mais lindo, que uma mulher-Violoncelo, como dizia o grande escritor Vinicius de Moraes. 
As linhas do rosto foram desenhadas com cuidado e precisão, a boca com um formato perfeito atrai qualquer olhar, os olhos tem o brilho das estrelas e seu sorriso tem o branco brilhante da lua. E quando ela sorri, os olhos dela sorriem também, fazendo assim uma sintonia entre a beleza interna e externa. Com toda sinceridade eu digo, ela é uma mulher-anjo, um presente que deus enviou a terra. 
E como se não bastasse, ela ainda tem seus jeitos de seduzir, um deles é pela fotografia, uma mulher linda e fotógrafa não tem para ninguém. É lindo de ver, ela e sua câmera, da pra perceber o elo, a sintonia dela com seu equipamento. Além de um olhar firme, lindo, sincero, é um olhar rico, que capta cenários, que muitas pessoas veem, mas não percebe a beleza, e lá vai ela, com sua câmera! Poses, direcionamento e cliques, e assim sai uma fotografia linda, aquela fotografia que lhe marca, e particularmente, que me marca. São fotografias que gosto de olhar, ver todos os detalhes minuciosos. Sou fã das fotografias dela, Sou fã dela, desta pessoa tão querida. Meus olhos nunca pousaram nos dela, estamos muito distante, mas ela esta no meu coração.

*: Texto Feito para a minha querida Amanda Romana

Autor: Matheus José

Nenhum comentário:

Postar um comentário